COMPARTILHAR
Cuidados com cães e gatos no inverno

Mesmo que os pets tenham o corpinho coberto por pelos, a queda das temperaturas pode, sim, ser um grande incômodo para eles. Por isso, é importante tomarmos alguns cuidados com cães e gatos no inverno para protegê-los do frio.

Animais de pelagem curta, filhotes e idosos são os que mais sofrem durante esses períodos gelados, por causa da queda da imunidade.

Mas não se preocupe! Neste artigo, você encontra dicas de cuidados com cães e gatos no inverno que te ajudarão a manter seu melhor amigo aquecido e protegido.

Vacine seu pet contra a gripe

Esse é um dos mais importantes cuidados com cães e gatos no inverno.

Alguns tutores desconhecem esta informação, mas falamos em outro artigo que, assim como humanos, cães e gatos também ficam gripados.

Além da queda da imunidade, o clima também favorece um aumento na circulação e desenvolvimento dos vírus no organismo dos pets.

No caso dos cães, tutores devem ficar atentos aos sintomas da Traqueobronquite Infecciosa Canina, também conhecida como gripe canina ou tosse dos canis.

E no caso dos gatos, temos a Rinotraqueíte Viral Felina e o Complexo Respiratório Felino.

Essas doenças são altamente contagiosas, por isso consideramos que a vacinação é um dos mais importantes cuidados com cães e gatos no inverno.

Cuidados na hora do banho

O banho não poderia ficar de fora da lista de cuidados com cães e gatos no inverno.

Muitos tutores deixam cães e gatos sem banho por longos períodos no inverno, por acreditarem que banho no frio faz mal ao pet.

Saiba que banho no frio não faz mal, mas a falta de banho, sim!

O banho é um cuidado essencial para manter a higiene e bem-estar do pet. No frio, a frequência pode ser reduzida, mas nunca reduzida a zero.

Não existe uma frequência ideal, uma vez que isso só pode ser determinado por um médico-veterinário com base em características específicas do animal.

A única questão com o banho no inverno são os cuidados que devemos tomar:

  • A temperatura da água deve ser morna;
  • O banho deve ser dado em um ambiente sem correntes de ar;
  • Após o banho, o excesso de água deve ser retirado com uma toalha;
  • O jato de ar do secador não pode ser quente demais;
  • Mantenha o secador a uma distância segura da pele do pet;
  • Certifique-se que a pelagem está completamente seca.

Levar seu cão ou gato a um centro de estética especializado, como, por exemplo, o Centro de Bem-estar da Petland, também é uma ótima opção.

O melhor é que você pode agendar o banho seu pet pelo app Petland, disponível no Google Play e App Store.

Evite tosas muito baixas

Retirar o isolante térmico natural do animal vai contra os cuidados com cães e gatos no inverno.

A pelagem é a proteção natural do animal contra o frio, por isso tosas muito baixas podem gerar desconforto ao seu pet, contudo, se a tosa realmente for necessária, apare somente as pontas dos pelos.

Agasalhe bem o seu pet

Roupas quentinhas entram na lista de compras e de cuidados com cães e gatos no inverno.

Manter cães e gatos bem agasalhados é uma ótima maneira de protegê-los do frio, pois além de deixá-los muito fofos, as roupinhas ajudam a mantê-los aquecidos no inverno.

A escolha da roupa adequada pede atenção a alguns detalhes, por exemplo:

  • Escolha roupinhas de tamanho adequado para que não interfiram na movimentação do animal;
  • Dê preferência às roupas de algodão ou soft;
  • Mantenha a roupa sempre limpa a fim de evitar a proliferação de microrganismos;
  • Nunca coloque roupinhas se a pelagem do animal estiver úmida ou molhada.

Deixe o local de dormir mais aconchegante

Esse é um dos mais úteis e importantes cuidados com cães e gatos no inverno.

cachorro com frio

As roupinhas podem não ser o suficiente para manter o animal aquecido durante a noite, sobretudo nas regiões onde o clima frio é mais intenso.

Por isso, o local de dormir dos pets deve ser reforçado com:

Se possível, escolha uma caminha com revestimento na parte de baixo para que o animal fique protegido do frio e umidade.

Caso seu pet durma em áreas externas da casa, posicione a casinha no lado oposto às correntes de ar.

Estimule seu pet praticar exercícios

No frio, cães e gatos tendem a dormir mais e precisam de estímulos para manter a forma.

Assim como os humanos, animais costumam ficar mais “preguiçosos” no inverno, mas a prática de exercícios é essencial para manutenção do peso e saúde.

Uma boa opção, além dos passeios, é brincar bastante com seu pet.

Os exercícios também servirão para aquecer o corpo do pet por meio da movimentação.

Escolha horários mais ensolarados para os passeios

Passear em horários muito frios pode ser muito desconfortável para o pet.

No verão, devemos evitar horários em que o sol está muito forte para os passeios. No entanto, nos dias frios, fazemos o inverso.

Já que os passeios são um item importante da lista de cuidados com cães e gatos no inverno, escolha horários de temperatura mais amena e com maior exposição do sol.

Além do frio, o vento gelado oferece riscos à saúde dos cães e como resultado, o animal pode apresentar casos otites ou hipotermia.

Visite um médico-veterinário regularmente

Esse é um cuidado que devemos ter com nossos pets o ano inteiro.

Clínica veterinária Dra. Mei

As visitas ao veterinário devem ocorrer periodicamente para que haja uma garantia de que tudo vai bem com a saúde de seu animal de estimação.

Existem doenças e outros problemas de saúde que têm maior ocorrência no inverno e exigem atenção dos tutores, como por exemplo:

Conte com os médicos-veterinários das clínicas Dra. Mei para cuidar de seu pet em qualquer época do ano!

Encontre a unidade mais próxima e agende uma consulta.

Como você pôde perceber, os cuidados com cães e gatos no inverno são simples, mas essenciais para garantir a saúde e bem-estar dos peludinhos.

Em nosso blog, você encontra uma série de artigos relacionados, por exemplo:

Aproveite para ler e manter-se informado sobre seu animalzinho.

Até a próxima!